Residência Inclusiva

A Residência Inclusiva é uma Unidade que oferta Serviço de Acolhimento Institucional, no âmbito de Proteção Social Especial de Alta Complexidade do SUAS, destinada a Jovens e Adultos com deficiência, que não dispõem de condições de autossustentabilidade, de retaguarda familiar temporária ou permanente ou que estejam em processo de desligamento de instituições de longa permanência. Com a finalidade de garantir a proteção integral, propiciado o desenvolvimento das atividades da vida diária, a participação social e comunitária e o fortalecimento dos vínculos familiares com vistas à reintegração e/ou convivência. Bem como a garantia da privacidade, o respeito aos costumes, às tradições e à diversidade de: ciclos de vida, arranjos familiares, raça/etnia, religião, gênero e orientação sexual.

Localização

O Instituto Monsenhor Antunes conta com o programa de Residência inclusiva em cinco endereços, espalhados pelo Grande ABC

Em Santo André temos uma casa situada na Av. Dr. Erasmo, 322, Vila Assunção.

Em São Bernardo do Campo temos duas casas, uma na Rua Caçapava, 190,  Baeta Neves  e a outra  na Alameda Princesa Izabel , 118  N. Petrópolis SBC

Já em Mauá temos a primeira residência a  rua Avaré 46 bairro Matriz  e a casa 2 na Rua almirante Tamandaré 181 v. Bocaina.

Objetivos

Objetivo Geral

Atendimento em regime de acolhimento institucional a pessoas adultas com deficiência intelectual visando à promoção integral do ser humano e tendo como perspectiva a reestruturação pessoal e social, a defesa dos direitos básicos e a melhoria de sua qualidade de vida.

Objetivos Específicos

  • Ofertar de forma qualificada a proteção integral de jovens e adultos com deficiência, em situação de dependência;  
  • Contribuir para a prevenção do agravamento de situações de negligencia, violência e ruptura de vínculos;
  • Promover o restabelecimento de vínculos familiares;
  • Promover a inclusão de jovens e adultos com deficiência, em situação de dependência, na vida comunitária e social;  
  • Contribuir para a interação e superação de barreiras; 
  • Contribuir para a construção progressiva da autonomia, com maior independência e protagonismo no desenvolvimento das atividades da vida diária.
  • Promover o acesso a cursos de capacitação / preparação para o mundo do trabalho e a atividades profissionalizantes, conforme interesses e possibilidades individuais;
  • Promover o acesso a programações culturais, de esporte e de lazer, relacionando-as a interesses, vivências e desejo dos usuários;
  • Promover a articulação e o acesso à rede socioassistencial, às demais políticas públicas e órgãos do Sistema de Garantia de Direitos.

Caracterização do trabalho

O projeto procura atender 10 jovens e/ou adultos que completaram a maioridade, com dependência em situação de deficiência.  O conceito de pessoa com deficiência tem como base a definição da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde – CIF/OMS/2001, que contempla: condição de saúde, deficiência, limitação da atividade e restrição da participação social; e concebe, ainda, a interação da pessoa com deficiência e barreiras existentes como geradoras de situação de dependência

 O serviço prestado deve ser personalizado e em pequenos grupos, favorecendo assim o convívio familiar e comunitário, Dispõe de equipe especializada e metodologia adequada para prestar atendimento personalizado e qualificado, proporcionando cuidado e atenção às necessidades individuais e coletivas. 

A Residência Inclusiva visa propiciar aos residentes um espaço saudável, organizado e bonito oferecendo um acolhimento digno e próximo de um ambiente familiar. Além de atender as necessidades básicas dos moradores, também promove afetividade, educação, saúde e lazer buscando o fortalecimento pessoal e social, a autonomia e independência, respeitando a individualidade, a diversidade e oferecendo real oportunidade de inclusão social.

 

0
0
0
s2sdefault