Casa mais vida

A Casa Mais Vida é um programa voltado a adultos e idosos, com o intuito de resgatar a sua dignidade, pois muitas vezes até na própria família são relegados ao descaso e excluídos da vida social. Essa situação de que são vítimas é fruto do egoísmo e de uma cultura materialista e utilitarista, que descarta aqueles que não produzem mais.

Nesse sentido o Instituto Monsenhor Antunes criou uma casa com cerca de vinte adultos vindos da situação de vida de/na rua, onde cerca de 90% são portadores de necessidades especiais (mentais, físicos e químicos) com o objetivo de aumentar a qualidade de vida e a auto-estima dessas pessoas, bem como tentar ajudá-las na sua recuperação e reintegração na sociedade.

O nosso Objetivo geral é Colaborar com as políticas públicas que atendem os excluídos, procurando resgatar a identidade, dignidade e auto-estima dessas pessoas, relegadas ao descaso social, fortalecer a cidadania e tentar a reintegração da vida social, com cuidados básicos de saúde, higiene, alimentação e principalmente no aspecto afetivo, enquanto buscamos também reintegrá-los à família

Objetivos

Missão

“Acolher e promover a qualidade de vida da pessoa em situação de rua, buscando a reinserção na sociedade, na família e no mundo do trabalho”

Visão de Futuro

Ser reconhecida como o melhor programa para a população de rua e funcionários.

  • Atuando de forma ética profissional e humanizada
  • Melhorando estrutura física
  • Qualificando mais a equipe de funcionários

Objetivo Geral

Casa Moradia atendimento a idosos e adultos com algum tipo de necessidade especial, ambos os sexos, vindos da situação de rua em regime aberto. Acolher e assistir a pessoa em situação de rua com respeito e cuidado à condição humana para melhoria da qualidade de vida e reinserção social.

Objetivos Específicos

  • Contribuir com cuidados e trabalhos formativos e informativos que os ajudem a recuperar sua identidade enquanto ser humano, sua dignidade pessoal, para que possa encontrar-se em melhores condições de integração entre si e sendo possível com suas famílias.
  • Contribuir para a formação integral desses adultos para que se tornem uma pessoas integradas à sociedade.
  • Desenvolver nos acolhidos(as) a formação ou a reformulação de hábitos Indispensáveis ao convívio social.
  • Desenvolver nos acolhidos(as), na medida do possível, a criatividade, maior autonomia para um melhor enfrentamento das dificuldades da vida.
  • Desenvolver nos acolhidos(as) o fortalecimento da cidadania (noções de direitos e de deveres).
  • Promover oficinas e cursos de qualificação profissional, para que se sintam mais dignos e que tenham uma alternativa de geração de renda.
  • Contribuir para que os acolhidos(as) tenham um convívio sadio, proporcionando-lhes lazer e divertimento lúdico que colaborem para sua recuperação ou entretenimento e também um programa cultural para que possam alcançar novas metas.
  • Contribuir para que também os adultos descubram habilidades e aptidões que lhes proporcionem mais qualidade de vida.
  • Encaminhar e acompanhar, se necessário, aos serviços de saúde, controle de suas medicações e sua higiene pessoal.
  • Proporcionar atendimento técnico variado, que possa resgatar sua auto-estima, apoio emocional, fortalecimento de suas capacidades, e garantam seus direitos, como a obtenção de benefícios protegidos por lei.
  • Facilitar a participação com outros programas sociais, de empresas, de entidades para formação de uma nova conscientização menos discriminatória.

Caracterização do trabalho

  • Atendimento de adultos em situação de rua com necessidades especiais por uma rede de serviços orientados pela necessidade de construção de alternativas de apoio público, para que estas pessoas superem a condição de risco em que se encontram, suprindo as necessidades imediatas de abrigo, alimentação, higiene, saúde, inserindo no mercado de trabalho e na reintegração junto a família.
  • O Instituto Monsenhor José Benedito Antunes, oferece moradia comunitária para as pessoas em situação de rua, fragilizadas com problemas de saúde, idosas, com deficiência e transtornos mentais, de ambos os sexos, e sem retaguarda familiar, que necessitam de moradia permanente e cuidados especiais.
  • Os moradores recebem toda assistência e todos encaminhamentos necessários, criando um vinculo para resgatar a cidadania, trabalhando a auto-estima dos moradores, com oficinas de artesanato e material reciclado, passeios, caminhadas, dia da beleza, teatro, palestras para ampliação do universo cultural, desenvolvendo metodologia para trabalhar a questão educacional.
0
0
0
s2sdefault