Nosso Trabalho

Programa Andrezinho Cidadão

O Programa Andrezinho Cidadão foi criado pela prefeitura de Santo André, em 1998, com o intuito de identificar crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social e reinseri-los no âmbito familiar, escolar e na própria sociedade.

O Programa é desenvolvido pela Secretaria de Inclusão e Assistência Social de Santo André e, desde setembro de 2007, executado pelo Instituto Monsenhor Antunes.

O funcionamento ocorre de segunda a sábado, das 08:00 às 22:00, e aos domingos, das 08:00 às 17:00.

Realizar ações de educação social e vinculação à família junto às crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil e vida na rua, visando à erradicação do trabalho infantil, o retorno à convivência familiar, comunitária, escolar e à garantia dos direitos.

A abordagem consiste em um trabalho de identificação, sensibilização, educação e ressignificação de concepções e perspectivas.

É realizada pelo educador social por meio de uma ação dialógica, fundamentada na troca de saberes e no respeito mútuo, com o objetivo de reinserir na sociedade crianças e adolescentes vitimizados, com seus direitos básicos desrespeitados.

Conta com a equipe de educadores sociais que realiza a busca ativa de crianças e adolescentes em situação de risco pessoal e social nos espaços públicos do município.

Realiza o mapeamento e monitoramento das diversas formas de violação de direitos mediante abordagem de educadores sociais de rua.

Além da ação de abordagem, os educadores também desenvolvem oficinas e outras atividades culturais e educativas, com as crianças e adolescentes em outros espaços, como conferências e escolas, a fim de sensibilizar a população sobre esta grave mazela social.

Após a identificação e análise dos casos, o programa realiza visitas domiciliares com o intuito de obter mais subsídios sobre a situação e iniciar, caso seja possível, o processo de reconstrução de laços entre as crianças, adolescentes e seus familiares.

Além disso, as visitas programadas e continuadas são realizadas também com o objetivo de diagnóstico preliminar da situação socioeconômica, de orientação quanto aos deveres legais em relação à efetivação de direitos e à proteção integral da criança e adolescente, através de encaminhamentos aos serviços socioassistenciais e demais serviços das políticas públicas e outras instâncias de garantia de direitos.

Escrito por Helen Lucinda Januário

Coordenadora de Abordagem

Helen Lucinda Januário
0
0
0
s2sdefault

Artigos Anteriores