Nossa História

Uma das fontes de financiamento do Instituto Monsenhor Antunes, e de muitas outras instituições de São Paulo, sempre foi o Programa Nota Fiscal Paulista.

Desde 2010, nossa instituição era beneficiária desse importante programa do Governo do Estado de São Paulo. E como funcionava? Alguns consumidores não colocam seu CPF em suas notas fiscais, mas mesmo assim o estabelecimento comercial era obrigado a emitir a nota fiscal. Esta saía, portanto, sem um CPF.

O instituto Monsenhor Antunes, em parceria com alguns desses estabelecimentos, passava recolhendo essas notas. Elas eram digitadas, uma a uma, por pessoas voluntárias do Instituto e revertem em nosso benefício duas vezes por ano.

Tivemos essa parceria com inúmeros estabelecimentos comerciais, que não convém citá-los aqui pois são num número muito grande, mas agradecemos de coração a todos.

Também agradecemos muito aos nossos voluntários que dedicaram parte de seu precioso tempo a essa digitação e, com isso, garantiram parte significativa de nossa verba.

Esperamos, com ansiedade, que esse programa volte a ter esse molde para que possamos continuar nosso trabalho com mais tranqüilidade e força.

Escrito por Edson Eziquiel

Professor de Teologia e Fundador do IMA

Edson Eziquiel
0
0
0
s2sdefault

Artigos Anteriores